APIs e IoT

APIs e IoT – Relação forte e necessária.

A cada dia mais dispositivos de Internet das Coisas estão chegando ao mercado, passando a serem cada dia mais usados na indústria, serviços e em nossas casas.

Mas toda essa informação precisa ser trafegada por um meio, mas como ele funciona? Como esses dispositivos se conectam a internet e até mesmo entre si?

Com o uso de novos processadores, mais simples do que aparelhos que usamos no dia a dia como celulares e computadores, mas com capacidade suficiente para coletar dados, processa-los, estabelecer a comunicação necessária, e preparar o envio desses dados para um servidor, tudo isso de nada adiantaria se não houvesse um software para receber todos esses dados.

E é nesse quesito que entra o uso das APIs, aonde o crescimento do IoT está vinculado com a ascensão de tecnologias como IPv6, RFID, Bluetooth, Big Data, e o uso de APIs (Interfaces de Programação de Aplicações).

APIS e Iot

Então o que é uma API?

Basicamente APIs são a base para se conectar dispositivos à internet, pois seus protocolos são simples, de fácil implementação ao longo das camadas de transportes (WiFi, 3G/4G, Bluetooth, e etc) e demandam de poucos recursos computacionais.

APIs permitem acessar funções em outros softwares de forma simples e com poucas linhas de código, como no caso do MQTT, um protocolo de transporte aonde é possível receber e enviar informações para dispositivos, atráves de simples linhas de código, permitindo por exemplo você controlar o ar condicionado de sua residência quando um determinado evento ocorrer, como por exemplo quando você estiver chegando em casa, ou quando a temperatura externa superar uma determinada temperatura.

Dessa maneira, as APIs são de grande contribuição para o desenvolvimento dos dispositivos conectados, aonde essa relação entre IoT e APIs passa a ser forte e necessária, fato é que o uso de APIs será potencializado pela Internet das Coisas.

Os serviços cada dia mais irão disponibilizar suas APIs permitindo a integração e conexão entre objetos e dispositivos.

O resultado disso tudo é uma perfeita sintonia entre dispositivos, além da transformação no mercado de sensores e IoT.